Sugestão de Pauta – Alunos da Zumbi dos Palmares prometem invadir STF para defender cotas

Dia – 25 de abril        Hora – a partir das 11h

Local – em frente ao Supremo Tribunal Federal

Três ônibus com alunos da Faculdade Zumbi dos Palmares saíram de S.Paulo ontem (terça – 24) para acompanhar a sessão do Supremo Tribunal Federal que decidirá sobre a Ação Direta de Inconstitucionalidade promovida pelo partido Democratas contra a instituição de cotas na Universidade de Brasília.

O resultado da decisão do Supremo, se positivo, autorizará legalmente a instituição de Ações Afirmativas e Cotas para negros no país.

Os alunos, que estudam na primeira universidade brasileira de afrodescendentes, vão se concentrar chegar a Brasília entre 10h e 11h e se concentrarãoem frente ao STF. A previsão é que o Coral da Zumbi cante o Hino Nacional na abertura da sessão do STF. O Reitor da Zumbi dos Palmares, José Vicente, estará junto com os alunos e poderá dar entrevista, depois da decisão, na frente do STF. O telefone do reitor é 11- 9865-0934.

Ao final os ônibus retornarão direto para a Faculdade Zumbi dos Palmares, onde serão recebidos pelos demais alunos e realizarão um debate no auditório sobre o resultado do julgamento.

Alunos da Zumbi dos Palmares para Brasília
www.zumbidospalmares.edu.br
Data: 25 de abril de 2012       Hora – a partir das 11h


Fontes – Reitor – José Vicente – (11) 9865-0934

Nilton Silva – Porta-voz dos alunos- (19) 8190-6400.


VeraMoreiraComunicação– Assessoria de Imprensa

11 3253-0586 / 3253-0729 / veramoreira@veramoreira.com.br

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s