Ministro da Suprema Corte de Israel visita Faculdade Zumbi dos Palmares

Jurista é o único árabe cristão da Suprema Corte

O ministro do Supremo Tribunal de Israel da Justiça, Justice Salim Joubran, visita a Faculdade Zumbi dos Palmares na próxima quarta-feira, dia 24 às 15h30, para palestra sobre o tema “O Papel da Suprema Corte em Direitos Humanos”.

O ministro Justice Salim Joubran é o único árabe cristão entre os 15 juízes da Suprema Corte de Israel. Professor da Faculdade de Direito e Divisão de Estudos Educação Continuada e Extensão da Universidade de Haifa, foi Premiado com o Prêmio Senhor Marcos Sieff por suas iniciativas para melhorar o relacionamento entre judeus e árabes em Israel.

Sua palestra na Faculdade Zumbi dos Palmares é de extrema importância, não só pelo tema, mas por aproximar as inciativas de diversidade e tolerância racial.

 

Racismo em nações diferentes que lutam por direitos iguais

 

Um relatório do Instituto de Democracia de Israel no mesmo ano descobre que a maioria dos entrevistados (55%) pensa que mais recursos devem ser alocados para as comunidades judaicas do que às árabes. In its 2011 study, the IDI found that only 51 percent of the Jewish public supports full equality of rights between Jews and Arabs; when those results are broken down by age cohort, we learn that younger Israelis are still less likely to believe that Arabs should have fully equal rights. Em seu estudo de 2011, o IDI descobriu que apenas 51% do público judeu apoia a plena igualdade de direitos entre judeus e árabes, quando esses resultados são discriminados por faixa etária, aprendemos que os israelenses mais jovens ainda são menos propensos a acreditar que os árabes deveriam têm direitos totalmente iguais. A third of Israel’s Jewish population does not consider Arab citizens of Israel to be Israelis; a large majority — 84 percent — say they would be “very troubled” by the election of an Arab prime minister. Um terço da população judaica de Israel não considera os cidadãos árabes de Israel para ser israelenses, a grande maioria – 84% – dizem que seria “muito preocupada” com a eleição de um ministro árabe. (fonte – The Jewish Daily Forward – Março 2012 – http://forward.com/articles/152793/judges-silent-protest-of-israeli-racism/ )

No Brasil, dados do Censo Demográfico 2010 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostram que a desigualdade racial continua no Brasil, com brancos recebendo salários mais altos e estudando mais que os negros (pretos e pardos). O reitor da Faculdade Zumbi dos Palmares, José Vicente, explica que em 2001, quando foi criado o sistema de cotas para negros no ensino superior, pesquisa do Ipea mostrava que os universitários brasileiros eram 97% de brancos. Os professores, pesquisadores e cientistas negros somavam 1%. Os negros compunham 70% dos que viviam abaixo da linha da pobreza e 63% do quadro dos pobres. Era quase impossível encontrar um general negro, um almirante negro, um embaixador negro, um executivo negro comandando qualquer grande empresa do país.

Analisando a desigualdade entre negros e brancos na história, o reitor comenta: “As graves distorções e desigualdades sociais, econômicas, raciais e educacionais que atingem os mais pobres – 70% são negros – tornam impossível uma disputa justa para o emprego público de prestígio e status relevantes” (fonte – Folha de S.Paulo – outubro 2012 – http://www1.folha.uol.com.br/opiniao/1172325-tendenciasdebates-a-exclusao-do-negro-e-a-negacao-das-racas.shtml )

 

O Papel da Suprema Corte em Direitos Humanos

Palestra do Ministro da Suprema Corte de Israel – Justice Salim Joubran

Dia – 24 de outubro  Hora – 15h30

Local – auditório da Faculdade Zumbi dos Palmares

Local – Av. Santos Dumont, 843 – SP

 

Vera Moreira/ Assessora de Imprensa/ Tel: (11) 3253-0586 e  99973-1474

 

Anúncios

One thought on “Ministro da Suprema Corte de Israel visita Faculdade Zumbi dos Palmares

Add yours

  1. Eis o ” holocausto palestino” , o regime de “apartheid israelense”, de que falam os radicais islamitas e os maluquetes de extrema esquerda (MST, chavistas e cia Ltda.) Um árabe não judeu na Suprema Corte do país…Muito bacana.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: